Tratamentos

logo pt

  • Register

angol-zaszlo

gterkitolto

Tratamentos

  • CIRURGIA MAXILO-FACIAL Open or Close

    A Cirurgia Maxilo-facial é uma especialidade médica que se encarrega da prevenção, tratamento e reabilitação das patologias congénitas ou adquiridas (doença, malformação, tumor, trauma, desgenerescência ou envelhecimento) do crânio, face, boca, maxilares e do pescoço.

    Tendo como objetivo o restabelecimento estético e funcional, o cirugião maxilofacial actua concretamente nas áreas de fraturas e feridas craniofaciais, tumores benignos e malignos da face e pescoço, lesões orais, quistos, malformações congénitas, dentes inclusos, implantes, atrofia dos maxilares, patologias da articulação temporomandibular, patologia das glândulas salivares, cirurgia estética e reconstrutiva da face.

    Tratamento ortodôntico em associação com cirurgia ortognática:
    Em alguns casos de má-oclusão, o recurso à cirurgia ortognática em associação com o tratamento ortodôntico permite resultados muito satisfatórios. Nos casos clínicos mais severos, estas correções cirúrgicas dos ossos (da mandíbula e maxila), permitem o correto alinhamento dos dentes em coerência com a estrutura esquelética. De acordo com o grau de alteração esquelética e gravidade da situação, a cirurgia varia de pequenas movimentações de grupos de dentes até à movimentação completa da mandíbula e maxila.

  • CIRURGIA ORAL Open or Close

    A Cirurgia Oral é uma das áreas mais abrangentes da Medicina Dentária. Esta especialidade dedica-se à prevenção, diagnóstico e tratamento de alterações, lesões e patologias da cavidade oral e estruturas anexas. Os atos cirúrgicos mais realizados, encontram-se relacionados com as extrações de dentes com pouca viabilidade de manutenção na cavidade oral, nomeadamente dentes com cáries muito extensas e não restauráveis, dentes com muita perda óssea, dentes inclusos e com grandes infeções associadas. Apesar das pequenas e médias cirurgias serem as mais frequentes, esta área é ainda responsável pelo diagnóstico e tratamento de lesões e patologias que afetam os tecidos duros e moles da cavidade oral , como os quistos e tumores, ou ainda lesões a nível lingual.

    Convém ainda salientar que alguns tratamentos de reabilitação mais complexos podem necessitar da intervenção desta área. Por exemplo, por motivos ortodônticos ou necessidade de reabilitação protética, com ou sem colocação de implantes, pode ser necessária a extração de dentes ou mesmo remoção cirúrgica de freios (no caso das reabilitações protéticas) para uma maior otimização dos resultados.

  • DENTISTERIA RESTAURADORA Open or Close

    É um ramo da medicina dentária que atua a nível das estruturas dentárias, afetadas por cárie, traumatismos, anomalias de desenvolvimento, entre outros fatores, com vista a promover o restabelecimento da integridade anatómica e funcional das estruturas afetadas.

    Para tal, são utilizados diversos materiais, dependendo da finalidade do tratamento, bem como das condições do meio no momento da intervenção.

    Atualmente as resinas compostas directas são o material mais utilizado para o restabelecimento das estruturas dentárias lesadas, já que permite a execução de restaurações estéticas, quer a nível anterior como posterior, com características próximas aos dentes naturais (brilho, cor, textura, entre outras) sem por em causa as características físicas e mecânicas do material restaurador.

    Quando as condições do meio oral não são as mais adequadas, devido a excesso de fluxo salivar, sangramento, condições físicas inerentes ao paciente, ou mesmo necessidade de estabilizar a doença cariosa, para posteriormente possibilitar a reabilitação estética das estruturas dentárias, pode tornar-se necessário o recurso ao ionómero de vidro; material que, embora branco, possui características estéticas ligeiramente inferiores às das resinas compostas, mas com a capacidade de libertar flúor para o meio e com a possibilidade de ser utilizado em condições mais adversas, possibilitando a estabilização da doença e a criação de condições favoráveis às restaurações seguintes.

    Existem ainda casos onde o recurso ao amálgama dentário é a melhor opção. Por exemplo, nos casos onde as condições do meio oral não são favoráveis à utilização de resina, devido ao excesso de saliva e sangue e o médico dentista verifique que o ionómero não consegue selar adequadamente a cavidade.

  • ENDODONTIA Open or Close

    Endodontia (do grego: endo -“ dentro”; odonto - “dente” e “ia”-ação), vulgarmente conhecida como desvitalização, é uma das áreas da medicina dentária, responsável pelo diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças que afetam a polpa dentária e os tecidos periapicais (ao redor da raíz do dente) e que tem como objetivo a conservação do dente em boca.

    Diversos tipos de lesões podem atingir a polpa do dente. A cárie dentária profunda, a fratura, o traumatismo e desgaste acentuado, a patologia de origem periapical requerem a necessidade deste tipo de tratamento, para a manutenção das peças dentárias.

    O tratamento endodôntico, normalmente referida de desvitalização, consiste na remoção da polpa dentária, ou nos casos em que esta se encontre necrosada na remoção do seu resíduo, desinfeção dos canais (canais radiculares) onde esta se encontrava e posterior preenchimento dos mesmos com material biocompatível (gutta- percha) e cimento obturadores, de modo a selar o espaço deixado pela camara e canais dentários, mantendo-os herméticos.

    Este procedimento poderá ser realizado numa ou mais sessões, dependendo do grau de dificuldade da intervenção, após a qual deverá ser feita a restauração dentária da estrutura remanescente através de materiais restauradores (resina composta, ou amálgama) ou mesmo coroa.

    Um dente submetido a este tipo de tratamento não fica imune a novas cáries, podendo ainda surgir situações de fracasso endodôntico, tornando-se necessário o seu retratamento.

  • ESTÉTICA DENTÁRIA (branqueamento dentário, piercings) Open or Close

    O conhecimento e domínio da análise facial, gengival e dentária tornaram-se imprescindíveis na prática da Medicina Dentária moderna. Sabendo que o poder de atração da face depende do equilíbrio de todos estes componentes, existe cada vez mais uma preocupação por parte de cada indivíduo relativamente ao seu sorriso, levando em alguns casos a situações de insatisfação e desconforto em relação ao mesmo.

    Dentes com forma ou posição alterada, dentes “manchados”, excesso de gengiva, grandes espaçamentos, dentes “encavalitados” por falta de espaço e dentes fraturados são apenas alguns dos vários motivos que podem levar os pacientes a procurar o médico dentista para aperfeiçoar o seu sorriso.

    Nesta área, características pouco atraentes dos dentes naturais e tecidos gengivais podem ser corrigidas/alteradas e devolver uma aparência mais atraente ao sorriso dos pacientes e assim contruibuir para uma maior auto-estima e um aumento da confiança.

    Não considerada como uma especialidade de Medicina Dentária, a Estética Dentária constitui uma área de intervenção que engloba um conjunto de tratamentos e procedimentos dentários realizados no sentido de garantir um sorriso bonito e em harmonia com a face e o gosto individual de cada paciente.

    Alguns dos tratamentos realizados incluem a colocação de facetas e coroas em material estético como a porcelana, branqueamento dentário, tratamento ortodôntico e restaurações dentárias com material estético de tonalidade semelhante à de um dente natural, entre outros.

  • HIGIENE ORAL Open or Close

    Situações como sangramento ou dor gengival durante a escovagem, sensação de mau hálito ou sensibilidade dentária repetida não devem ser menosprezadas. As consultas de Higiene Oral são direcionadas para a educação e promoção de hábitos de higiene oral tendo em conta a individualidade de cada paciente. O objetivo destas consultas consiste na prevenção das doenças orais eliminando através de destartarização+polimento os resíduos alimentares, placa bacteriana e o tártaro acumulado, fatores determinantes para o aparecimento de doenças como a cárie dentária e a doença periodontal.

    A destartarização, vulgarmente conhecida como “limpeza”, para além de ajudar a prevenir doenças dentárias e gengivais, melhora a aparência dos seus dentes deixando-os limpos e brilhantes. Para uma eficaz manutenção, as consultas de higiene oral devem ser regulares (no mínimo de 6 em 6 meses) e os cuidados diários instruídos pelo profissional de sáude devem ser seguidos.

  • MEDICINA DENTÁRIA GENERALISTA Open or Close

    A Medicina Dentária Generalista refere-se ao diagnóstico e tratamento de todo o tipo de problemas biológicos, estruturais, funcionais e estéticos da dentição natural e tecidos adjacentes. Muitas vezes recorre a outras áreas da Medicina Dentária mais específicas para a correção deste tipo de problemas.

  • OCLUSÃO (patologia da articulação temporo-mandibular . ATM) Open or Close

    A oclusão é a área da Medicina Dentária responsável pelo estudo das relações de contato entre as arcadas dentárias e a sua atuação recai sobre o diagnóstico, prevenção e tratamento tanto das alterações relacionadas com a engrenagem incorreta dos dentes (má oclusão) como das disfunções nas articulações que unem a mandíbula ao crânio – articulações temporomandibulares (ATMs).

    A ATM, articulação bilateral que une a mandíbula ao crânio, pode ser palpada na região anterior ao ouvido durante os movimentos mandibulares como por exemplo a fala, a deglutição e a mastigação. É uma das articulações mais complexas do corpo humano e é composta por diversas estruturas entre as quais se destaca o disco articular (semelhante ao menisco do joelho) que age como um amortecedor entre o crânio e o côndilo da mandíbula durante os movimentos.

    A correta engrenagem dentária é essencial para a estabilidade do disco na ATM. Assim sendo, a presença de má oclusão é muitas vezes a causa de disfunções nestas articulações. Para além disso, a disfunção da ATM pode estar também relacionada com hábitos comuns, tais como apertar/ranger os dentes ou bruxismo, morder objetos, roer unhas e uma postura incorreta da cabeça durante o sono. Fatores como o stress, a depressão e a ansiedade podem também contribuir indiretamente para agravar este tipo de patologia.

    Algumas destas alterações manifestam-se sob a forma de dor na face, cansaço dos músculos da face, estalidos/dor na articulação ou dificuldade nos movimentos mandibulares (abertura, fecho e/ou desvios laterais).

    É essencial a avaliação da existência de um equilíbrio dinâmico entre as estruturas do sistema mastigatório e avaliar tanto a morfologia como a funcionalidade dos seus componentes de forma a intervir rapidamente quando necessário e evitar a evolução de patologias redutoras da qualidade de vida.

  • ODONTOPEDIATRIA (medicina dentária crianças) Open or Close

    A Odontopediatria é a área da medicina dentária dedicada à saúde oral de bebés, crianças e adolescentes (até aos 15 anos). O odontopediatra apresenta conhecimentos sobre as diversas fases do crescimento e desenvolvimento da criança, atuando em cada uma delas, de acordo com a individualidade de cada paciente.

    A atuação tem início durante a gravidez, orientando a futura mãe quanto aos cuidados de saúde oral e prossegue com o acompanhamento do bebé.

    Esta especialidade possibilita à criança o primeiro contato com o médico dentista , tendo como principais objetivos a realização de tratamentos preventivos, a educação e motivação para a higiene oral, permitindo que esta atinja a idade adulta com uma condição oral saudável, tanto a nível funcional como estético. A primeira dentição, apesar de ser temporária, é tão importante como a dentição definitiva, pois permite o bom desenvolvimento da fala, mastigação, manutenção do espaço e o alinhamento dos dentes definitivos, sendo ainda importante no desenvolvimento da auto-estima da criança e relacionamento com as outras.

    A grande maioria das cáries dentárias nas crianças é de evolução rápida e surgem por dificuldade na higiene oral, pelo que se recomenda que a primeira visita ao médico dentista, se realize a partir do momento em que nascem os primeiros dentes, normalmente entre os 6 meses e 1 ano de idade.

    Nesta primeira consulta é avaliado o estado de saúde oral, controlada a erupção dentária e são realizados tratamentos preventivos no caso de serem necessários (aplicação de Flúor, selamento de fissuras, etc.). São ainda fornecidas instruções de higiene oral, quer às crianças, quer aos encarregados de educação, de forma a garantir a manutenção de uma boa saúde oral.

    O êxito do tratamento odontopediátrico não depende apenas da sua correta realização mas, também da postura e atitude positivas da criança e dos seus responsáveis, durante a realização e após a conclusão do tratamento. Assim, é importante o acompanhamento e seguimento periódico da criança pelo médico dentista, como também a intervenção e supervisão da higiene oral por parte dos pais.

  • PERIODONTOLOGIA (doença gengival e periodontal) Open or Close

    É uma área da Medicina Dentária cujo objectivo é a prevenção, o diagnóstico e o tratamento das doenças que afectam o tecido de sustentação e suporte dos dentes - periodonto (peri = ao redor de; odonto = dente), que compreende a gengiva, o ligamento periodontal, o cemento radicular e o osso alveolar.

    A doença periodontal é de uma forma redutora, definida de gengivite, inflamação a nível da gengiva. De fato, numa primeira fase da doença, observa-se uma inflamação gengival, que se caracteriza por uma alteração da cor, tomando a gengiva uma tonalidade mais intensa, edema, sangramento excessivo ou mesmo descamação das gengivas. Caso esta inflamação não seja controlada, pode levar a uma destruição do osso de suporte dos dentes, provocando um aumento da mobilidade dentária e, em casos extremos, à perda dos mesmos. Nestes casos, a doença já se encontra num patamar mais avançado e mesmo difícil de reverter, sendo denominada de Periodontite.

    Quando este tipo de patologia é diagnosticada, é importante que o clínico faça uma despistagem de possíveis fatores de risco, como o Tabagismo, a Diabetes, causas Genéticas, ou mais frequentemente, uma higienização oral ineficaz.

    Nas consultas de periodontologia são feitos o diagnóstico (principalmente através de uma sondagem periodontal), seguidos de rigorosos processos de higienização das superfícies dentárias onde, nos casos mais simples se realiza apenas uma destartarização e nos mais severos, onde se observe tártaro aderido às raízes, mas abaixo da gengiva se opte por um alisamento radicular.

    Existem ainda casos onde os procedimentos anteriormente descritos não são suficientes, podendo ser necessário recorrer a pequenas intervenções cirúrgicas, mediante a utilização de anestesia local, para aceder ao tártaro subgengival (abaixo da gengiva), regeneração do osso de suporte dos dentes ou mesmo melhorar a estética gengival.

    É de salientar que os pacientes com este tipo de patologia, mesmo que controlada, apresentam uma grande tendência para o seu reaparecimento ou reativação, pelo que é necessário o acompanhamento constante de modo a evitar o seu reaparecimento.

  • Coroa Open or Close

    A coroa serve para revestir artificialmente um dente natural que se encontra destruído por cárie,fracturado ou frágil devido a desvitalização. A coroa pode ser colocada num dente do qual só resta a raiz desde que esta se encontre em bom estado. As coroas são feitas em laboratório e a partir de moldes dos dentes pelo dentista. A cor é escolhida de acordo com a tonalidade dos dentes em redor de forma a criar uma aparência natural.

  • Ponte Open or Close

    A ponte é uma prótese fixa com pelo menos duas espécies de apoio. Servem para preencher uma ou mais falta de dentes fixando-se junto à gengiva e suportada em dentes naturais. O princípio e objectivo são sempre o de preencher a falta de um ou mais dentes porque estes estão fracturados ou cariados.

  • IMPLANTES OU PRÓTESES Open or Close
    Veja  IMPLANTES  ou  PRÓTESES  menu 

     

     

Tipos de obturações dentárias

  • Tipos de obturações dentárias Open or Close

    Existem dois tipos principais de obturações dentárias: metal e cor do dente. Recheios de metal são normalmente de uma amálgama de mercúrio, prata, estanho e cobre. Estes são referidos como a prata devido à sua cor, não porque a prata é o componente principal. Alguns dentistas também oferecem a opção de obturações de metal em liga de ouro (ouro misturado com um pouco mais difícil metais como o cobre). Da cor do dente recheios podem ser de resina composta (uma mistura de acrílico e vidro), vidro ou ionômeros de resina ou porcelana. Amálgama de metal e da cor do dente resina composta são atualmente os mais populares materiais de enchimento. 

    Porque é que há diferentes tipos de recheios de dente?
    Obturações dentárias vários têm atributos diferentes que os tornam adequados para diferentes tipos de restauração. As características desejáveis ​​de um enchimento dentária incluem:
    Eficiência de custos de materiais
    Facilidade de colocação
    A resistência dos materiais
    A colocação, sem remoção do tecido dental muito saudável
    Biocompatibilidade (os materiais não reagem com o corpo de uma forma indesejada)
    Aparência natural
    A resistência à corrosão ao longo do tempo e descoloração
    Se o enchimento fortalece ou enfraquece o dente, a longo prazo
    Se o enchimento cria uma boa vedação para impedir a entrada de bactérias e restos de alimentos
    Desgaste mínimo na oposição dente
    Capaz de ser usado para a recuperação de mastigar e morder superfícies

    Nenhum material de enchimento um atende a todos os critérios acima. Isto significa que os dentistas e os pacientes têm que determinar em conjunto qual o tipo de enchimento dental que irá proporcionar o resultado mais satisfatório com base na localização do dente, do tamanho e da profundidade da cavidade e a quantidade de dinheiro que o paciente está disposto ou é capaz de passar. O seguro odontológico muitas vezes reembolsa para recheios com base no pressuposto de que os materiais mais baratos e de técnica, pelo menos demorado será usado (geralmente amálgama de metal). O paciente deverá pagar a diferença de custos de materiais mais caros ou procedimentos. Veja mais informações sobre cada tipo de enchimento com o seu dentista a discutir durante a sua consulta.

  • Amálgama de metal Open or Close

            

    filling

    Obturações de metal dente com amálgama são conhecidos por serem:

    O material de enchimento menos oneroso
    Um material que todos os dentistas estão treinados para instalar
    Capaz de suportar forças de mastigação (que faz com que seja bom para o uso nos molares)
    Durável, duradouro e resistente ao desgaste
    Vedações bem e tende a ajudar a prevenir a deterioração adicional na área tratada
    Tipos de obturações dentáriasPor outro lado, a sua cor de prata é facilmente visível na boca e tende a descolorar-se a um menos atraente cor escura metálico ao longo do tempo. Uma vez que a amálgama não adere à superfície do dente, uma certa quantidade de estrutura dentária saudável deve ser removido. Isto é feito para criar um buraco do tamanho certo e na forma para calçar o amálgama de metal para onde ele será mantido firmemente no lugar.

  • Restaurações de amálgama são seguros? Open or Close

    A preocupação nas obturações de metal é a presença de mercúrio (amálgamas de metais são frequentemente cerca de 50 por cento de mercúrio misturado com outros metais). Pequenas quantidades de vapor de mercúrio pode ser liberado da amálgama com o tempo, dependendo do tamanho e do número de enchimentos e hábitos de estilo de vida do doente, tais como dente de moagem. Estas pequenas quantidades de mercúrio podem ser ingeridos ou inalados durante a vida útil do recheio. No entanto, esta não é a única fonte de exposição ambiental ao mercúrio para a maioria das pessoas, não tendo sido encontrada exceder os limites considerados seguros.

    Desde recheios à base de mercúrio têm sido usados ​​regularmente em odontologia há mais de 150 anos, eles são os melhores do material pesquisado restauração dental. Neste momento, o FDA, CDC e outras agências de saúde pública não encontraram nenhum motivo para recomendar restrição ou a interrupção do uso de mercúrio em obturações dentárias. Ao mesmo tempo, os pacientes têm a opção de solicitar a remoção de recheios de mercúrio e substituição por outros materiais, se eles estão preocupados com os riscos potenciais à saúde.

  • Da cor do dente de resina Open or Close

    Esta resina é geralmente uma mistura de acrílico (plástico) e sílica (vidro), que forma um material macio composto que pode ser endurecida por meio de exposição a uma lâmpada de luz azul do laser. Os benefícios da utilização de resina incluem:
    Fechar corresponder ao esmalte circundante, fazendo a restauração olhar natural
    O material não vai corroer
    Bastante forte e duradoura
    Pode ser utilizado em pequenas e médias cavidades na parte da frente ou de trás dos dentes
    Como amálgama de metal, pode ser colocada numa única visita
    Permite a preservação de tecido mais saudável do dente
    Poderá ser colocada após a cavidade foi preparado com uma ferramenta de abrasão a ar, em vez de uma broca (alguns pacientes encontram isso mais confortável)

    Compósito é mais difícil de colocar uma vez que, como todos os materiais de enchimento, excepto dente amálgama, a área de tratamento deverá ser mantida completamente seca durante o procedimento. Uma vez que o composto é aplicado e endurecido (curado), em camadas, que demora mais tempo para instalar do que um enchimento de amálgama. Alguns pacientes acham que a resina poderá ficar manchada com o tempo. Este material não é tão forte ou tão longa duração como amálgama de metal e, geralmente, não é recomendado para a restauração de cavidades maiores. Ela tende a funcionar melhor para a reparação de áreas onde a decadência não penetrou passado o esmalte. Composite é um pouco mais caro do que o amálgama.

  • Obturações dentárias em liga de ouro Open or Close

    Liga de ouro é um dente muito forte material de enchimento, mas, a sua textura torna mais fácil de moldar para um encaixe perfeito com a cavidade preparada. Isto permite menor remoção de estrutura dentária saudável enquanto permite um excelente isolamento para impedir a entrada de restos de comida e desencorajar uma deterioração posterior. O metal tende a resistir à pressão e às forças de mastigação sem causar desgaste indevido dos dentes opostos. É resistente à descoloração e permanecerá dourado ao longo do tempo. O ouro é o material de enchimento mais caro dental, e na concepção terá duas visitas para completar.

  • Da cor do dente ionômeros (polímeros) Open or Close

    Estes vêm em duas variedades diferentes, aqueles que são principalmente de resina, e as que são principalmente de vidro (cada variedade é ainda uma mistura de materiais de resina e de vidro). Estes são da cor do dente restaurações. Eles não são tão fortes como resina composta e normalmente são utilizados apenas para pequenas cavidades nos dentes da frente. Ionómeros de vidro podem ser tratadas com flúor que podem reduzir a possibilidade de deterioração posterior. Recheios de ionômero de desgastam mais rapidamente do que qualquer um amálgama composto ou metal. Estes recheios de ionômero pode ficar solto, fratura, desenvolver uma superfície áspera ou outros problemas que necessitam de substituição. Eles caem em algum lugar entre o metal e enchimentos compostos de preço.

  • Inlays de porcelana e sobreposições Open or Close

    Estes são recheios indirectos (eles são fabricados sob encomenda no laboratório com base em um molde de dente e, em seguida, colocado numa visita separada). Porcelana é o material mais biocompatível enchimento e não é conhecido por causar quaisquer reacções alérgicas em pacientes. Uma capa ou onlay é geralmente recomendado para a reparação de grandes cavidades que não são muito grande o suficiente para justificar uma coroa total. O material é geralmente de longa duração e muito durável e não requer a remoção de uma quantidade significativa de tecido de dente saudável. Restaurações de porcelana pode ser usado tanto na frente e costas dentes com aparência natural para a restauração. Recomendações de posicionamento variar uma vez que o material pode ser suficiente para provocar o desgaste opostas dentes. Certas forças cortantes pode também causar fissuras, uma vez que o material não é tão flexível como o metal. Inlays de porcelana e sobreposições são precisamente cor correspondente ao esmalte circundante.

    Estética dentária: restaurações indirectas (inlays, onlays) em resina ou cerâmica

    Dental-AestheticsAs restaurações indiretas estão indicadas para os dentes posteriores (premolares e molares) quando os dentes apresentam cavidades grandes resultantes normalmente de cárie ou simplesmente para substituir restaurações antigas em amálgama de prata inestéticas, permitindo dessa forma devolver a sua forma, aspecto natural e função mastigatória.

    Em geral são feitas de porcelana ou resina laboratorial da cor do dente. Pesquisas mostram que as restaurações indiretas em cerâmica podem ser tão resistentes quanto os dentes naturais. A técnica consiste em remover a cárie ou restauração antiga, efetuar uma moldagem do dente preparado que será enviada para o laboratório que confeccionará a dita restauração indireta (inlay ou onlay) em resina ou em porcelana. Durante o período de fabrico o dente preparado será recoberto por um material provisório, o qual será removido no momento da cimentação. De seguida o dente já restaurado será polido.

    Este tipo de restauração além da estética apresenta como vantagens adicionais:
    melhor adaptação, acabamento e polimento das margens da restauração;
    anatomia mais correta nomeadamente no que respeita ao ponto de contacto;
    o facto de ser feita em laboratório e não em boca (ausência de saliva, sangue, etc.), permite um maior controlo do endurecimento que se traduz numa melhoria significativa das suas propriedades físicas e mecânicas.

accordion

s5_va_1

s5_va_1

vALAMI

s5_va_2

VALAMMMMM

Contactos

tooth face-small128 Pedro-k 1416348455 skype
kek Phone 1416348410 whatsapp 1416348214 viber-128 1416348245 google hangouts-128

+36 202 883 237
www 1416348186 Mail alt 1416348229 google plus-128 1416348496 linkedin
 
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
ures 1416348220 facebook-128 FB page ures
 
eurodente.pedrodiogo
1416348795 pointer

9200 Mosonmagyaróvár
Győrikapu utca 7.
Hungria

csempeminta